sábado, 13 de março de 2010

Os seres da floresta


ESSE BLOG NÃO ESTÁ ABANDONADO. QUEM POSTA SOU EU, MARCELLA, E SE QUISEREM RECLAMAR, VAI BRIGAR COM O JAPA E A JACKY, QUE FOI OS DOIS QUE DEIXARAM.

Em um lindo e ensolarado dia, eu sai com meus amigos, Mari, Jacky, Japa e Henrique pelos encantados trilhos da floresta, aonde tinha uma sorveteria linda do lado de um riacho lindo. Naquele dia, bateu uma vontade louca de tomar sundae e não tinha um lugar melhor do que na sorveteira da floresta.
-EU VOU, EU VOU, TOMAR SORVETE NA FLORESTA EU VOU, PORQUE OS MENINOS QUE VÃO PAGAR, LÁ LÁ LÁ LÁ! – cantávamos eu e as meninas, enquanto os dois riam da gente pulando por entre as árvores e arbustos.
Entramos na sorveteria e percebemos que aquele lugar badalado e cheio de gente estava totalmente deserto, com teias de aranhas debaixo das mesas e sorvete derretido no chão, granulado jogado por todos os lugares, cadaveres e cadeiras derrubadas.
- O que aconteceu aqui?- Henrique tirou o sorriso do rosto e um vento frio entrou pelos vidros quebrados das janelas.
- Vandalismo? Assalto? – Japa se perguntava.
- Fenômenos sobrenaturais?- falei sem perceber e todos olharam pra mim, sabendo que eu tinha alguma razão, abracei meus próprios braços fugindo do frio que aumentava.
Haviam lendas sobre criaturas nada encantadas que viviam na floresta, mas é claro, sempre eram contadas pra crianças não se aventurarem por ela. Mas, quando você divide um apartamento com quatro pessoas tão loucas quanto você, pesquisar sobre isso, descobrir casos e ver os bichos, é o mínimo que acontece. E em um fim de semana sem festas, a gente resolveu acampar na floresta e atrair os seres, é o motivo da cicatriz na minha perna, provocada pelo Kalazarro, um dos seres.
Foi quando um dos garçons da antes feliz sorveteria, saiu com dificuldade de debaixo do balcão, arrastando o corpo pelo chão e derramando sangue pela boca.
- Saíam daqui, antes que seja tarde.- ele implorou. – Fiquem em casa, não venham pra floresta.- ele falava com dificuldade e começou a contorcer no chão, até a morte.
Tinha uma parte de nós que queria obedecer o conselho, mas tinha uma parte de nós louca para resolver o mistério, para descobrir qual deles esteve ali, e nós, ficamos.
- Foi a Shyanny, com certeza, as marcas no peitoral desses homem só podem ser dela.- Mariana supôs, Shyanny era a alma de uma mulher linda, morta por onças na floresta, que se vingava mordendo os homens com as garras que roubou da onça, até eles morrerem, confusos com o prazer que ela lhes causava.
- Se foi a Shyanny, por que tem gostas lilases no chão e porque aqui ta cheirando a orquideias? Tenho certeza que é a Calanie, ela me deixou de cama por uma semana vivendo a base de poções vuduzentas, reconheço ela em qualquer lugar.- disse Japa, Calanie era uma alma extremamente linda que estudava as plantas antes de morrer. Quando saiu atrás de uma nova espécie e morreu intoxicada com o cheiro da flor, depois de morta, ela não encontrou a luz e passou a asfixiar os homens que encontrava pelo caminho, seduzindo-as para sentir seu perfume.
- Essas duas aí, só matam homens. Tem uma mulher aqui.- puxei uma moça de debaixo da mesa pelos pés.- A mulher tá sangrando por todos os poros do corpo. Só pode ser ele... e tem um chupão no pescoço. Sem duvidas que foi o Kalazarro.- eu tinha plena certeza que foi ele, apaixonado pela esposa,Kalazarro cedia as vontades dela, até que um dia, enquanto ele dormia, ela encontrou o amante no quarto ao lado, assustado com os gritos da esposa, ele levantou e a encontrou em cenas desprezíveis. Para que ele não contasse e acabasse com o sobrenome que ela carregava e não ficasse mal falada, a mulher enfiou uma faca no pescoço dele. Quando morreu, ele ganhou dentes de faca e mata mulheres com eles, não usa roupas e se encanta apenas pelas mais bonitas.
- Florzinha, essa moça ai não faz o tipo do Kalazarro. Mas você percebeu que ela ta sem seios? Única pessoa que rouba os seios de mulheres é o Vinôrio.- disse Jacky, Vinôrio era uma terrível alma, a mais terrível de todas elas, que em vida tinha problemas mentais muito sérios e resolveu morar na floresta, quando encontrava as moças, ele comia os seios delas, bebendo todo o sangue e comendo a carne. Quando morreu, passou a carregar uma sacola de seios que o fez ficar corcunda. Ele não era bonito e não seduzia mulheres, apenas roubava os seios dela, com o sangue que expelia pelo buraco, elas morriam.
- O FILHO DE SHYANNY E KALAZARRO E O FILHO DE CALANIE E VINÔRIO NÃO NASCERIA NA TERCEIRA LUA CHEIA DO ANO?- Henrique gritou. Ontem foi a terceira lua cheia do ano.
A lenda dizia, que os seres resolveram se perpetuar e atraídos fisicamente uns pelos outros, engravidaram as almas.
- SERIAM TRÊS ATAQUES NA SEMANA NÃO É?- Japa se lembrou, os dois estavam estudando isso há várias noites.
- VOCÊS TRÊS VÃO FICAR EM CASA!- Henrique gritou.- EU E O JAPA SABEMOS DOS PERIGOS, A GENTE SABE LIDAR COM ELES, VOCÊS NÃO.-
- Vamos deixar vocês em casa e não saíam.- Japa completou.
- TÁ PRA NASCER O HOMEM QUE VAI ME OBRIGAR A PERDER ESSA!- eu berrei.
- NUNCA QUE EU FICO EM CASA!- Jacky disse.
- NEM CARREGADA!- Mari completou e nós três rimos.
Quando vimos, tínhamos sido carregadas para casa e trancadas lá.
Mas, o que eles não sabiam é que os próximos ataques não seriam na floresta.

CONTINUA...

NÃO SEI QUEM POSTA DEPOIS DE MIM, PORQUE SAÍMOS DA ORDEM. QUEM QUER QUE SEJA, BOA SORTE.
BEEEEEIJOS: MARCELLA LEAL

4 Tensos passaram por aqui.:

Ariel Augusto ( Japa ;P ) disse...

Scooby-doo com sobrenatural kkkkkkkkkkk

Calem-se Dedos ! disse...

Sobrenatural?²
YUAOYEUIAYEIAUYEAIUYEUAIYIAE
aii' doreeei
esse suspense no final fico mais mara ainda
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

beeijo florziinha :*

Gabi Petrucci disse...

Irmãos Winchester djá!
HSUIADHUIASHUDISA

Ninaaa . disse...

Medo. Muito medo. Vou até ter pesadelo de noite '-'