terça-feira, 6 de abril de 2010

Ovos de chocolate

Espansac e Xírono eram dois cientistas do século XIX que estavam falidos e venderam todas as cuecas que tinham para comprar a marmitex, que servia para três refeições no bar da Tilda, e era assim que eles viviam. Tudo o que ganhavam era gasto em vodka e prostitutas, depois eles ficavam vivendo precariamente. Ambos não tinham era nem beira, nem um canto sujo e mal cheiroso para caírem mortos.
Em belo domingo de Páscoa, os dois saíram para pesquisar o solo do deserto da China, naquele sol escaldante e com o cheiro das axilas de Xírono penetrando o ar.
- Você precisa de um desodorante novo!- Espansac reclama com aquela voz de “mais inteligente, gostoso e esperto que você sua anta!”.
- Estou pagando promessa, só tomo banho depois que a gente descobrir algo novo e inusitado.-
- Pelo xixi da cabra da Mariana! Então vamos trabalhar, porque quem divide aquele quarto com você sou eu!-
- Vamos, nem minha mãe tem me deixado entrar em casa pra roubar comida mais...-
Continuam andando naquela areia fina que pelava os dedos do pé (estavam descalços), e aquela areia soprando nos olhos dos dois e o cheiro do Xínoro e não chegavam a nenhuma conclusão sobre a porcaria do solo. Já estavam quase desistindo, quando viram de longe um avestruz e um coelho.


- Espansac, é um avestruz e um coelho ali?-
- Não! É a Xuxa dançando Rebolation!-
- É?-
- CALA A BOCA JUMENTO!-
Os dois se esconderam atrás de uma moita (é, moita!) e ficaram observando os dois animais se aproximarem um do outro, a avestruz e o coelho trocavam olhares, e acariciavam os belos rostos um do outro e estavam em um momento muito intimo ali...
-Espansac, acho que eles vão trepar, e você?-
- Não, eu não vou trepar.-
- Não é isso, estou perguntando o que você acha.- Xírono diz impaciente e Espansac o olha com cara de reprovação.
- Eu acho que eles vão rezar a missa! MAS É OBVIO QUE VÃO TREPAR!-
- Espansac, animais de espécies diferentes não trepam.-
- Xírono, acho que você vai ter que tomar banho quando voltarmos.-
Xírono pega o seu celular (é celular! eu mencionei que isso é a China né? ...que bom!) e procura algo.
- Esse momento merece uma trilha sonora.- ele diz e começa a tocar pelo deserto:
CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU (velocidade dezenove) ♪
Animados pela musica os dois animais trepam ali no deserto, naquela areia quente, com aquela melodia linda e romântica e com o cheiro de Xírono penetrando as narinas dos três. Quando terminaram o hm...como posso dizer? o...hm, a..RELAÇÃO! é relação. Quando terminaram a relação, Xírono e Espansac se depararam com um grande objeto oval e marrom, que saiu de algum lugar da avestruz.
- O que é aquilo?!- gritaram juntos e correram para o encontro do ovo, sob os olhares da avestruz e do coelho.
Espansac pega o ovo na mão e começa a cheirá-lo.
- Eca! Espansac! Não faz isso... Você não sabe de que buraco saiu!-
- Cala a boca inútil! Isso cheira a cacau...-
Ambos se olharam, e naquela fome, em pleno domingo de Páscoa, comeram um pedaço do ovo e descobriram que realmente aquilo era chocolate.
“A Avestruz cruzou com um coelho e gerou assim o ovo de Páscoa.” Xírono anotou, e a descoberta foi divulgada e é colocada em prática até os dias atuais.
As grandes marcas populares de bombons como Lacta, Nestlé e Garoto mantem grandes fazendas desses animais próprias para a produção de Ovo de Páscoa. As marcas mais caras como Kopenhagen e Cacau Show usam descendentes diretos desses dois animais para fabricar seus ovos de chocolate. Com a Engenharia Genética, é possível hoje fabricar ovos de chocolate branco e com casca recheada por coco e leite condensado, pasta de amendoim, trufa, frutas vermelhas dentre outras muito comuns.
Desejo a vocês muitas calorias com os ovos de chocolate, comam com moderação e se for recheado de licor, não dirija.

---------------------------------------------------------
Espigas de Milho, domingo (de Páscoa) dia 4 de abril foi aniversário da Mariana e eu desejo a ela, em nome de toda a equipe do O Movimento É Tenso, que ela possa ter muitas felicidades, saúde, juízo, homens e dinheiro pra dar presente pros amigos e pra priminha. Que você possa conquistar tudo o que quiser, que nenhum obstáculo te faça desistir e que você possa ser sempre maior que eles, porque o que vale é o que você consegue e não os limites que te impõem. E qualquer coisa, você sabe o numero, o endereço e como me encontrar, é só gritar que te ajudo.

Tema do Henrique’ cachinhosrouradosquecompracoelhosescondidos:
Tema: Motel de beira de estrada
Frase: Se você não percebeu ainda, a pia ta quebrada e o vaso entupido!

Beijos espigas de milho:
Marcella Leal

PARA DESCONTRAIR:
Na foto: Japa diz: [censurado], Jacky diz: AAAI, NUM GENTO UM TREM DESSES! Mariana diz: Japa, você tem que pensar melhor antes de falar essas coisas perto dela. Marcella diz: É Jacky, não contra pra eles não, mas eu não entendi, me explica?



5 Tensos passaram por aqui.:

Henrique Miné disse...

ksaoksoakosakoskasa..


Goooostei da sua explicação para nossa tradição.

Meio doentia, pra variar, mas ainda assim, boa! =)

Eeenfim, fiquei animado até com meu teeema! :D

beeeeeijos.

Ninaaa . disse...

Eu já sabia que a Xuxa era velha, muito, muuuuuuuuuuuito velha, mas o mais legal é que no século dezenove já tinha o créu e o rebolation. Ri litros (?). Beeeijos.

Gabi Petrucci disse...

Por um momento tive medo de saber de onde veio o recheio de cereja do meu ovo. Ainda bem que é da Engenharia Genética, né. (?)

Medo do que sairá desse tema do Henrique! :b

Ariel Augusto ( Japa ;P ) disse...

Velocidade 19 é meio assustador de se pensar , enfim kkkk

Ainda bem que temos ovos de páscoa .

Boa sorte henrique ;P

Calem-se Dedos ! disse...

Velocidade 19 ? Só ?
amr chego na 50 #parei
UIAOEUAOIUEAOIEUAOIUAO
zoa zoa'
aii
eurii'
explicação doentia pros ovos de páscoa florziinha' para d andar cmg !
UIAOEUAOIEUAOIEUAOIEUAOE
ameeei *o*

bjs bjs :*