segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Miojão

           Era uma aula de laboratório como outra qualquer para Amêndoa e Mexerica, elas, como alunas dedicadas que são, foram pontuais para não perder a explicação do professor Sal.
           - Boa tarde classe, hoje nós vamos fazer uma experiência muito legal! Vocês vão realizar o aquecimento dessa água até ela atingir o ponto de fervura e em seguida, irão despejá-la nessa bacia que está cheia de macarrão instantâneo, logo em seguida, adicionarão tempero e produzirão assim um Miojão. Não se esqueçam de certificarem que o macarrão amoleceu... –
           - PERA AÍ PROFESSOR!- Amêndoa gritou interrompendo-o. – A gente vai mesmo fazer nissim miojo, isso até minha irmã de cinco anos de idade sabe fazer.-
           - Amêndoa, ainda não terminei. Como vocês sabem, o Miojo ele causa um efeito cedante em alguns animais, tais como panteras, a escola cria oito aqui nos fundos e vocês irão ter que dopar as bichinhas e em seguida, extrair o sangue delas para realizar-mos o aquecimento dele e em seguida a mutação no professor Farofa, de física, que está amarrado a uma cadeira dentro do armário.-
           - Legal! Amêndoa, vem, vamos fazer logo o Miojão, se é para o bem de todos e a mutação do Farofa, eu to dentro!- Mexerica gritou e a amiga a seguiu.
           Foram o primeiro grupo a terminar o macarrão e o professor Sal deu um mapa para elas encontrarem as panteras soltas no jardim da escola. O grupo que demorasse menos tempo,iria ter o prazer de mutar o Farofa pessoalmente. Passaram-se duas horas, três horas, um dia e nada delas acharem a bendita criatura. Já cansadas, sentam-se na grama.
           - Caso eu morra de fome e sede, posta no Movimento É Tenso pra mim...- Amêndoa pede.
           - Claro amiga, e caso eu morra, paga o um real que eu devo pra Jurubeba.- Mexerica pede, quando elas escutam passos na grama:


                                  
       - É a pantera...- Amêndoa comemora.
       - Vai lá então dar comidinha pra ela...- Mexerica diz.
       - Ta brincando né? Você é que vai!-
       -Não, você que fez curso de adestramento de panteras então quem vai é você!-
       - Não, você que sabe falar panterês!-
       - Meu cabelo ta doendo, não posso...-
       - Na verdade... Eu sempre morri de medo de panteras!-
       - Fine, vamos nós duas então...-
         Cuidadosamente, elas se aproximaram, pegaram uma colher do macarrão e deram na boquinha da pantera, extraíram o sangue que precisavam quando a bichinha caiu no chão e depois sentaram-se de baixo de uma árvore para comer o resto do macarrão.
           Acho que agora, devemos voltar, porque to louca pra ver o Farofa mutando...- Mexerica comentou e elas levantaram, quando olharam para trás, a pantera tinha acordada e estava mais puta que o Pé Lanza quando o cabelo dele amanhece ruim.
       - COOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORRE!- Amêndoa grita e elas desparam em direção a porta do laboratório, é quando cresce um rabinho e orelinhas de raposa nelas e elas começam a voar igual no jogo do Super Mario.


                                     

Com sucesso, elas são o primeiro grupo a voltar pra sala, tiram Farofa do armário e aplicam na veia dele o sangue da pantera fervido, que o transforma em uma formiga. Então, elas pegam a formiga para criar e junto com Jurubeba (que Mexerica devia um real) fazem uma casinha de balinha pra ela morar e se mudam para o Tibet.


                              
                                                 (Foto que o Farofa tirou no Tibet)



                                               Beijos minhas espiguinhas de milho
                                                              - Marcella Leal


Tema do Ariel: Sutiã bege
Frase do Ariel: Qualquer coisa a gente estoura!
(piadainternissíma com a Mari Rodrigues)

PS- Mesmo com a saida do Henrique, os dias de postagem não foram alterados... O Lucas e o Ariel não postaram na quarta e no domingo da semana passada porque não tiveram tempo. O post do Ariel é só na quarta e mantemos a nossa programação normal daí em diante, as fotos postadas ali do lado dos nossos rostinhos lindos estão na ordem de quem posta.

4 Tensos passaram por aqui.:

Jaaaacký disse...

kralho'
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
que meeediinho de você'
filhiiinha
;b
hoho' adogueei'
e eu adoro Mario *---*
õ/

ps : sempre quis ser uma das panteras *--*


beeijo

Anônimo disse...

OAISOSIAOISOAISOAIS, beeem interna. Tenho medo, porque, segundo você, a historia foi baseada em meio fato real (ou não)
Fico muito bom! OAKSOAKOAS t-t

Mari deslogada disse...

ps: o comente aqui de cima é meu :]

Max Psycho disse...

Ficou massa a estória, mas o miojo é capaz de matar e não produzir mutações heheh (só aumento de barriga)