segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Por um Piquenique Saudável

Pode ser culpa de Exu, ou não, mas o fato é que as coisas às vezes perdem o controle.

Macumba, como você deve saber, existe, a dúvida é se realmente funciona. Eu, particularmente, acho que sim.

Acredito piamente que alguém com espírito de porco resolveu caçar uma galinha preta, encher a boca dela de farofa e soltar na encruzilhada junto de uma garrafa de pinga, umas velas e um charuto.

Quem? Eu não sei, mas só pode ser trabalho do Coisa Ruim o que vem acontecendo ultimamente. E não estou falando do aquecimento global ou dos ultimos e chocantes acontecimentos da novela.

Existe algo chamado “bom senso”, é importante que as pessoas o tenham, falta de bom senso causa constrangimento e, em casos específicos, náuseas.

Sinceramente, eu prezo muito pelo bom senso, seja em qualquer coisa, desde gente no ônibus até, veja só que fora de contexto, humor. É por isso que eu fico assustado com a falta dele. É por isso que penso que só pode ser coisa do outro mundo o que está acontecendo, afinal, o que era pra ser tão claro vem sendo ignorado de forma avassaladora e descomunal.

Posso parecer chato, imbecil, retrógrado, careta, ou um idiotaquequerdarumadebonzão. Na verdade, eu posso até ser tudo isso, aliás, nem duvido que o seja, mas ainda assim, acho que o bom senso não deve ser ignorado. Existem obras feitas para chocar, provocar, isso é uma coisa, outra é lançar mão do mínimo (mínimo mesmo!) de sanidade ou de bom tom sem objetivo nenhum. Aliás, o objetivo existe, mas é só pensar um pouco para perceber que ele não é alcançado.

Eu poderia estar falando de sodomia com vegetais, zoofilia, orgias, banalização do homosexualismo como se esse fosse unica e exclusivamente fonte de piadas e pornografia infantil na primeira página de um blog qualquer (blog esse frequentado quase que exclusivamente por menores de idade), se encaixaria perfeitamente nesse contexto, você há de concordar comigo, afinal, liberdade de expressão (termo tão usado ultimamente) é uma coisa, falta de bom senso é outra. Mesmo com toda a liberdade, acredito que alguns limites devem ser respeitados, ou, ao menos, não ignorados, um deles é o do bom gosto.

Mas é claro que esse é só um exemplo, pura ficção e, graças a Deus, longe de nossa realidade, o que me chocou esses dias, foi ouvir um homem falar no celular com, acredito eu, sua esposa a seguinte frase:

“Então você compra pra mim um pimentão, dois jilós e uma rapadura pra gente fazer o piquinique.”

Por Deus, quem leva esses ingredientes para fazer um piquenique? Só pode ser macumba mesmo.

***

Oi, eu sou o Henrique, você deve saber. Esse foi apenas um desabafo, para (ao menos tentar) não deixar as coisas perderem completamente o controle. Não deixe de visitar o Palhaçadas a Parte, e meus outros blogs. Não é difícil achar os links, só clicar no meu nome ali na primeira linha.

Ah, estou deixando esse blog. Não, eu não avisei ninguém aqui da equipe, porque não deu tempo e, sinceramente, porque eu não fiz questão. Não que eu tenha algo contra as pessoas aqui do blog, só acho que ele não é mais lugar para mim e para o que escrevo.

Se ainda assim você não entendeu os motivos, finge que é porque estou sem tempo.

Tema do Ariel: Piquenique com ingredientes decentes.

Frase: Finalmente!

4 Tensos passaram por aqui.:

Ana Paula disse...

“Então você compra pra mim um pimentão, dois jilós e uma rapadura pra gente fazer o piquinique.” ô.Ó

Isso foi tenso! Heuehuehuehue... acho que entendi pq está deixando o blog >_>

Uma pena... vou te seguir em seu blog individual! ^^'

;*

Calem-se Dedos ! disse...

Você tem o direito de fazer as suas escolhas.

(Y)

Jessi disse...

que triste :/

Mari disse...

:/