segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Uma história de amor

Era uma vez, um lugarzinho no meio do nada, com sabor de chocolate e cheiro de terra molhada chamado Tensolândia, lá morava Ezequiel,um lindo príncipe que passava os dias a cavalgar pelo reino em seu cavalo branco, esvoaçando seus cabelos loiros e encantando as donzelas com seus belos olhos azuis.



No dia em que completou os seus dezoito anos, foi mandado para um puteiro pelo tio e o pai, que como proposta de governo, haviam decidido que o garoto se casaria com a puta mais gostosa que ele pegasse, provando assim para a população, que em Tensolândia ninguém era discriminado.


Ezequiel foi com a sua cobertinha, porque ele não conseguia dormir sem ela desde que era bebê e a rainha passava talquinho na bundinha dotosa dele.


Ao chegar no puteiro, o jovem foi cercado por mulheres de todas as cores e de todos os tamanhos, todas semi nuas e loucas para dar, então ele testou várias (sempre com sua cobertinha do lado), a noite inteira, o outro dia inteiro e dois dias depois voltou para casa exausto com gonorréia, sífilis e herpes genital.


- Então, meu filho, qual foi a sua escolhida?- pergunta o pai orgulhoso pelo filho não ser gay.


- Pai, a primeira foi inesquecível, o nome dela é Lola, é uma morena gostosa, peitão, bundão, galera daqui apelidaram de “Tantão”. Quero me casar com ela, dar castelo, comida, roupa lavada, meu sobrenome, quero aquela mulher pra mim.-


- Tudo bem, mas você deve ir até a casa dela para pedir a mão dela em casamento.-


Então Ezequiel pegou o seu cavalo branco e cavalgou alegremente até a Conchinchinha aonde Lola morava. Entrou na casa simples de tijolos cozidos, se apresentou, pediu permissão ao pai dela e seus olhos brilharam ao encontrar a doce amada. Ajoelhou-se ao chão e disse:


- Meu amor, você aceita ser minha esposa?-


- Sim.- ela disse e todos vibraram.


No domingão, as famílias se juntaram pra fazer um baita de um churrasco e oficializar o pedido do príncipe, o funk rolando, a picanha na brasa, cervejinha na mesa, Ezequiel estava sentado com uns amigos enquanto a noiva dançava, foi quando uma anã psicopata e demoníaca de olhos grandes parou em frente dele e disse:


- Sou a única irmã da Lola.-


- Cunhadinha! Muito prazer em conhecê-la.-


- Achei meu irmão fazendo chuca no banheiro.-


- Como?-


- Fazendo chuca. Achei meu irmão pegando a mangueirinha do chuveiro, enfiando no cú pra encher a barriga de água e cagar.-


- Nossa... [estarrecido] Não sabia que a Lola tinha um irmão.-


- Ela não tem.-


- Ah sim, entendi, ele é seu meio irmão né?-


- Não, a Lola é meu irmão...-


- A Lola é mulher.-


- Num é não.-


-ELA TEM VAGINA!-


- O gnomo enfeitiçou ela pra ela ter uma nas noites que ela trabalha no puteiro, mas a Lola é homenzinho.-


- Então, quer dizer que se eu for comer ela agora, ela vai ter um pênis?-


-É.-


E realmente era verdade, mas na verdade, Ezequiel gostava mesmo era de um pênis e pegava os servos do pai e o cavalo de vez em quando... então deu certo, durante o dia, ele e Lola eram gays, a noite eram hominho e mulherzinha, e os dois viveram felizes para sempre fazendo chuca juntos (eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeca) e adotaram os filhos do Michael Jackson, para quem ele passou sua cobertinha.

The end







Escrito por: Marcella Leal


*Beijos espigas de milho*






(Me desculpem pelo texto doentio e por essa coisa nojenta de chuca, eu nem sabia que raios era isso, mas aí o Ariel pesquisou e me passou o link(que eu sumi) , é tudo culpa do Luquérrimo, então, linxem ele e não a mim.)






Tema do tio Henrique: Centro de Umbanda


Frase do tio Henrique: Então você compra pra mim um pimentão, dois jilós e uma rapadura pra gente fazer o piquinique.

7 Tensos passaram por aqui.:

Ana Paula disse...

De verdade... acho que os textos estão cada vez piores, parecem essas comédias americanas que forçam a barra pra tentar ficarem engraçadas, mas só ficam vulgares mesmo.

*foge das pedras*

Não tô querendo ofender nenhum blogueiro que posta aqui... só estou fazendo uma crítica construtiva.

OBS: Sei que o blogue é pra ser tenso mesmo, mas isso tá deixando de ser tenso pra ser vulgar... :/

;*

Henrique Miné disse...

pior que concordo, dei uma lida aqui e olha...

:x

Lucas disse...

Marcella, independentemente do que os outros tenham falado eu achei o seu texto ótimo. Não quer dizer que alguns tenham besteira que todos terão. Lógico, todos têm oportunidade de expressar suas opiniões, mas acho que esse não foi nem tão apelativo quanto o meu kkkkkkkkkk'
no meu eu exagerei mesmo, mas como meu primeiro texto eu achei mega engraçado ;/

Ariel Augusto ( Japa ;P ) disse...

Bem , concordo que em alguns aspectos pode parecer bem vulgar , porem cada um faz o que pensa ser o melhor por que é opinião expressa para alguem que recebeu um tema complicado na maioria das vezes ...

mais espero mesmo que melhore as coisas , algumas estão passando a ser ridiculas ... ,mais mesmo assim fazemos o melhor que podemos .

Mari Caetano disse...

como vai você, eu preciso saber da sua vida.... (8)'

Mari Caetano disse...

ps: Cada blogueiro tem sua personalidade, tipo, tem alguns aqui do blog que não falam tanta besteira. Mas ok, critica é sempre bem vida, ajuda agente a melhorar :]

Calem-se Dedos ! disse...

Críticas são bem-vindas.²

Até concordo em alguns aspectos,mais especificamente sobre o post da Cella o tema realmente é difícil e não teve como não falar besteira' ela tentou manerar o máximo possível mas realmente o tema não deixou.
ps:euridopostepensemoquequiseremeunaotonemaew (: